Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Uma página em branco

Uma página em branco

27
Jun17

Posso para no tempo? - Página 8

Miss Winter

img_7377.jpg

Lá fora continua tudo igual, olho pela janela, as mesmas árvores, as mesmas plantas, pessoas... paisagens... aqui posso dizer que parou.

 

Mas dentro destas paredes há um pequeno anjo que está a crescer, às vezes fico assustada porque penso que ainda é o meu bebé que precisa de mim para tudo e como amo esses momentos em tantos dias que são apenas esses que estou contigo... porque a vida dos adultos é complicada, é preciso fazer uma grande ginástica para fazermos tudo (ou quase tudo).

 

Um destes dias vinhas da casa de banho e disseste à mãe todo contente:

- mãe já fiz xixi

- não me chamaste

- chamei mas não vieste

- dá cá um abraço estás tão crescido meu homem grande...

 

Hoje levantou-se estava a tomar banho, foi ter comigo, lá fez o seu xixi e ficou ali à espera que eu saisse para o limpar (sim tenho um filho que gosta de tudo limpo eheheh). Um dia contou-me todo indignado que quando o pai ia com ele não o limpava :) este puto é fantástico...

 

Como tenho visto o tempo a correr tão rápido, ontem depois de jantar em vez de ir arrumar a cozinha, fiz batota com ele:

- Olha a mãe vai ficar aqui deitada

- Mãe espera, não sais daí tá bem?

Lá veio ele carregado com o seu memé, trombinhas, chupeta e minion, lá ficamos ali abraçadinhos... sabe tão bem.

É claro que foi por pouco tempo até ele andar aos pulos, a massacrar-me... queimei logo ali umas calorias eheheh

 

Só quero ter mais tempo para ele... mas sozinha é uma grande gerência mas dia para dia estou a recuperar mais um pouco de tempo.

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D