Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Uma página em branco

Uma página em branco

25
Set17

Não se pode fazer planos

Miss Winter

Já tinha feito planos para este domingo, ir passear com o meu filho e aproveitar para comprar roupa para ambos, mas saiu ao lado.

O meu pequenote começou quinta com a monquita mas nada de sério, sexta quando o fui buscar, notava-se a voz um pouco rouca mas nada de mais.

Em vez de ir a arrumar a cozinha fiquei com ele na sala e adormeceu no meu colo e eu igual :)

Fui deitá-lo estava ok...

Estava a acabar de arrumar e ouço um som estranho e vou ver o que se passava, estava sentado na cama aflito com dificuldade em respirar, tento manter a calma vou logo fazer vapores simples com soro, eu tinha a medicação que costumo dar, mas como na caixa avisa que depois de abrir a prata tem que se consumir durante 3 meses e já tinha passado e não quis arriscar (mas disse o enfermeiro que não há problema logo que esteja bem guardado.

Ele continuava a chorar aflito... pergunto ao pai se ainda estava a pé para ir à farmácia comprar a medicação, mas neste grande paraíso, falta-nos tudo principalmente à noite, como o centro de saúde fecha às 22h as farmácias também só funcionam até essa hora e eu nem sabia... que tristeza...

Pediu para falar com o filho mas ele só chorava tadinho... pediu para poder ir vê-lo e eu disse que não precisava só precisava de se acalmar mas insistiu e eu claro deixei.

Mal viu o pai mais sentido ficou... o pai ficou aflito de o ver assim, porque lhe fez o teste no dedo (é bom ter um pai técnico do INEM) ao apertarmos o dedo fica branco e em 2s tem que voltar à cor normal e não ficou era sinal que não estava a fazer oxigènio suficiente, estava a vestir-me e ele angustiado ainda começou a chorar...

- Então? não é preciso ficares assim, já não é a 1ª vez que fica assim, imagina eu aqui sozinha se ficasse assim como era?

 

Lembro-me perfeitamente qual foi a 1ª vez que o meu filho esteve assim, exactamente no dia que o pai saiu de casa... eram 4h da manhã, eu aflita, mandei uma mensagem a dizer o que se passava com o filho nem me respondeu... que diferença... ainda bem que está mudado, ainda bem que sei que ele está ali para estas situações de emergência e não estou sozinha.

E lá fomos para o hospital que fica a 40km... fez boa viagem, como ia sentado aliviou e já nem parecia o mesmo, enquanto esperamos esteve sempre animado e nem parou um pouco e nem lhe deu o sono :)

Já tinha a garganta inflamada mas nem fez febre, está a tomar antibiótico, mas agora atacou-lhe mais a tosse e decidi que ficasse na avó.

 

E pronto este fds foi mais caseiro, vamos ver o próximo espero que dê para irmos a dar as nossas voltas ehehe

16 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D